WHAT'S NEW?
Loading...

Petroleiros entram em greve por tempo indeterminado a partir desta sexta-feira


Os petroleiros deflagraram greve por tempo indeterminado a partir desta sexta-feira (30) em todo o país. O motivo é a redução do efetivo mínimo dos trabalhadores nas refinarias, violando a Cláusula 91 do Acordo Coletivo de Trabalho 2015/2017 da categoria.

O coordenador do Sindipetro Bahia, Deyvid Bacelar, disse que em razão desse efetivo mínimo, já ocorreram três acidentes de trabalho em menos de uma semana na Refinaria Landulpho Alves (RLAM).

Os trabalhadores da refinaria aprovaram por unanimidade a greve geral, atingindo os petroleiros e o pessoal administrativo da Bahia.

 O sindicato denuncia que a gestão da petroleira tem desenvolvido uma política deliberada de sabotagem industrial que pode levar a um grande acidente ampliado, semelhante ao que já aconteceu na Vila Socó, em Cubatão, e em Bhopal, na Índia.