WHAT'S NEW?
Loading...

Petrobras apresenta estratégias de descomissionamento para plataformas offshore

Resultado de imagem para descomissionamento para plataformas offshore

Em conjunto com a indústria e órgãos governamentais, empresa busca dar maior previsibilidade a essa atividade com criação de estrutura e metodologia.

A redução do preço do barril de petróleo, novos regulamentos operacionais, a aproximação do término de contratos de concessão e da vida operacional de plataformas indicam um cenário de crescimento da demanda de descomissionamento de sistemas de produção no Brasil nos próximos anos.

A Petrobras vem se preparando para enfrentar esse desafio com a criação de uma estrutura específica e buscando atuar em conjunto com a indústria, universidades e órgãos reguladores de forma a reduzir as incertezas em torno do tema.

O assunto foi tema de palestra a ser ministrada pelo gerente de Descomissionamento, Eduardo Zacaron, na Brasil Offshore, Feira e Conferência da Indústria do Petróleo. Zacaron participou do painel Production Unit, presidido pelo gerente geral de Pesquisa & Desenvolvimento da Produção, Gustavo Adolfo de Castro, da Petrobras.

O descomissionamento envolve atividades em três grandes disciplinas: poços, sistemas submarinos e plataformas. E a indústria de serviços em todo o mundo está se planejando para atender a cada uma dessas demandas. Nesse sentido, a companhia buscará modelos de negócio diferenciados e soluções tecnológicas específicas para cada uma das três grandes atividades, visando a redução de custos e com prioridade aos aspectos ambientais e de segurança.

Há oportunidades desde a fase de planejamento do descomissionamento, que inclui os estudos ambientais, técnicos e econômicos, até a parte operacional em si, que é a execução da desativação propriamente dita. “Queremos desenvolver estudos integrados que envolvam soluções técnicas específicas e otimizadas para as atividades de descomissionamento” pontua Zacaron.