WHAT'S NEW?
Loading...

Marcelo e Emílio Odebrecht brigavam em casa por qualquer coisa

RETRATO DE FAMÍLIA - Emílio e Marcelo Odebrecht: a relação entre pai e filho sempre foi tensa

O clima na casa dos Odebrecht sempre foi complicado. É o que vai revelar ‘O Príncipe’, biografia não-autorizada de Marcelo Odebrecht, que será lançada no fim deste mês pela editora Astral Cultural.

Muito antes do rompimento público por causa das divergências do que deveria ser dito ou não no primeiro depoimento aos procuradores da Lava Jato, o clima dos Odebrecht já era de tensão e divergência. Até o time pelos quais torciam, pai e filho, era motivo de discussão em casa.

“[…] Desde a adolescência de Marcelo, inúmeras pequenas discussões marcavam o dia a dia de ambos, causadas pelos motivos mais inocentes possíveis. Diferenças de opinião, comportamentos opostos, qualquer coisa virava um motivo para os entreveros. Enquanto Emílio demonstrava simpatia pelo Bahia, por exemplo, Marcelo torcia pelo rival Vitória. ‘Acho que nenhum dos dois realmente liga para futebol. Torcer pelo time rival era mais uma forma de espezinhar o outro mesmo’, diz um amigo da família”.