WHAT'S NEW?
Loading...

CVM condena Eike Batista por informação privilegiada

Resultado de imagem para CVM condena Eike Batista por informação privilegiada

A Comissão de Valores Mobiliários (CVM) condenou, na última terça-feira (13) o empresário Eike Batista, por uso de informações privilegiadas em uma venda das ações do estaleiro OSX, ligado à petrolífera OGX.

Segundo o processo, Eike vendeu ações da empresa no dia 19 de abril de 2013, pouco tempo antes de o estaleiro e a OGX tornarem públicas informações sobre a piora dos negócios de ambas as companhias. Entre o início de abril daquele ano, e o pedido de recuperação judicial, de 31 de outubro de 2013, as ações da OGX perderam 94,7% de seu valor e as da OSX recuaram 89,2%.

No dia 2 de junho, uma sexta-feira, as ações da OGX subiram 55% com o pedido da empresa de encerrar a recuperação judicial. Menos negociadas, as ações da OSX subiram 11,7%, mas os negócios de ambas ainda são poucos.

A defesa do empresário já anunciou que vai recorrer da decisão da CVM. Já Eike, afastado dos negócios, atualmente cumpre prisão domiciliar. Ele passou três meses encarcerado, de janeiro a abril deste ano, por suspeitas de lavagem de dinheiro.