WHAT'S NEW?
Loading...

Prêmio no Seminário Nacional de Grandes Barragens

Resultado de imagem para Prêmio no Seminário Nacional de Grandes Barragens

O trabalho técnico inscrito e apresentado pelos engenheiros Augusto de Andrade Castelo Branco, gerente de Engenharia, e Luis Fernando Rahuan, gerente de Contrato, concorreu com outros 22 de outras empresas. A premiação ocorreu no dia 17 de maio, em Belo Horizonte, onde foi realizado o seminário, o principal evento do setor no Brasil.

Essa UHE é um projeto executado pela CNO para o Consórcio Empreendedor Baixo Iguaçu, composto pela Neoenergia e pela Copel (Companhia Paranaense de Energia). Com potência instalada de 350 MW, localiza-se entre os municípios de Capanema e Capitão Leônidas Marques, próximos à Foz do Iguaçu. As obras foram iniciadas em julho de 2013 e devem ser finalizadas no próximo ano.

Em junho de 2014, decorridos 11 meses desde o início das obras, os trabalhos já estavam em estágio avançado, concluídos o canal auxiliar de desvio e a ensecadeira de primeira fase, em cujo recinto haviam sido feitas as escavações do circuito de geração. Já se encontravam em execução as primeiras camadas de concretagem da casa de força e da tomada d´água.

Resultado de imagem para Prêmio no Seminário Nacional de Grandes BarragensFoi quando uma grande chuva caiu durante três dias sobre a bacia hidrográfica formadora do rio Iguaçu. Em 40 horas, o valor médio da precipitação atingiu 240 mm, chegando a 400 mm na região central do Paraná, quando dados históricos apontavam um máximo de 150 mm para todo o mês de junho.

O grande volume fez com que a vazão do rio atingisse valores 30 vezes maiores do que o normal e ultrapassasse a altura da ensecadeira, barragem construída para proteção das demais etapas da obra, causando seu rompimento.

Ao final da cheia e com a volta da vazão normal do rio, veio a necessidade imediata de construção de uma nova ensecadeira, que permitisse recuperar as obras já executas e minimizasse os impactos no cronograma do empreendimento.

Várias alternativas foram estudadas pela equipe liderada pelo GC Luis Fernando Rahuan e a solução definida por eles foi reconhecida pelos organizadores do XXXI Seminário Nacional de Grandes Barragens como a melhor apresentada dentro do tema “Lições Aprendidas de Acidentes e Incidentes com Barragens”.

Para Rahuan, “esse prêmio comprova a excelência técnica dos engenheiros da Construtora Norberto Odebrecht, que mesmo nas adversidades são capazes de encontrar caminhos eficazes para garantir a segurança e a entrega de grandes obras.”

O gerente de engenharia, Augusto Branco, destaca a importância do reconhecimento do Seminário, “pois ele reúne trabalhos que são exemplos de como a engenharia brasileira está apta para enfrentar os grandes problemas de infraestrutura do país.”