WHAT'S NEW?
Loading...

Preços do FPSO de Libra só em junho

Resultado de imagem para FPSO Piloto de Libra

Consórcio de Libra segue fazendo análise técnica das ofertas para o afretamento do primeiro FPSO Piloto para o projeto e solicitando esclarecimentos.

Abertura das propostas comerciais da licitação para o afretamento de um FPSO para o piloto de Libra irá acontecer apenas em junho. O consórcio de Libra ainda trabalha na qualificação técnica das ofertas e vem solicitando uma série de esclarecimentos às empresas participantes.

A expectativa é de que as propostas comerciais sejam abertas entre a primeira e a segunda semana de junho. A análise técnica do consórcio tem sido extremamente criteriosa e o grupo tem solicitado informações detalhadas sobre o plano de execução do projeto.

A licitação do FPSO Piloto de Libra está sendo disputada pela Modec, SBM, BW Offshore e a Bluewater. As propostas foram recebidas no fim de abril e, desde então, o consórcio trabalha na avaliação técnica.

O contrato de afretamento do FPSO Piloto de Libra deve ser fechado apenas entre o fim do terceiro trimestre e o início do quatro trimestre. A contratação da unidade terá que ser aprovada pelos boards da Petrobras, Total, Shell, CNPC e CNOOC e depois submetida à aprovação do comitê operacional de Libra.

O FPSO Piloto terá capacidade para produzir 180 mil b/d de óleo e comprimir 12 milhões de m3/d de gás. A unidade ficará interligada a 17 poços (oito produtores e nove injetores), sendo que a locação exata dos poços será definida com base nos resultados alcançados com o primeiro TLD, previsto para iniciar operação na área em junho, com o FPSO Pioneiro de Libra, afretado consórcio Odebrecht Óleo & Gás/ Teekay.

Tanto o teste de longa duração de estreia quanto o primeiro sistema piloto serão instalados na área Noroeste de Libra.


Por Claudia Siqueira