WHAT'S NEW?
Loading...

Petrobras prevê entrada de 10 novas plataformas no pré-sal

Resultado de imagem para Petrobras prevê entrada de 10 novas plataformas no pré-sal

O pré-sal vai ganhar mais 10 plataformas da Petrobras para chamar de suas nos próximos anos. A informação foi dada pela diretora de Exploração e Produção da estatal, Solange Guedes, durante palestra em evento da Câmara de Comércio Brasil-Texas (Bratecc) em Houston, que aconteceu paralelamente à OTC.

A executiva ressaltou as conquistas da companhia desde a descoberta do pré-sal, que atingiu 1,6 milhão de barris de petróleo produzidos por dia em dezembro de 2016, antes do que era previsto, uma alta de 45% em relação ao mesmo período do ano anterior.

Segundo Solange, esse crescimento acelerado e os novos projetos em desenvolvimento no pré-sal marcam a entrada da Petrobras em seu quarto ciclo de expansão na história, focando em “segurança, treinamento de pessoas, inovação aberta, padronização em alto nível e aceleração da curva de aprendizado”, que, segundo a diretora, continuarão a ser os fundamentos para balizar a redução de custos e incremento da produção.

De acordo com a executiva, o pré-sal continua sendo altamente rentável mesmo em um cenário do preço do barril do tipo Brent custando entre US$ 45 e US$ 50, por conta de avanços conquistados em termos de produtividade.

“Atingimos um custo de extração abaixo de US$ 8 por barril nessas áreas”, afirmou Solange, referindo-se ao chamado lifting cost, relativo o custo de retirada do petróleo do campo para a plataforma, sem incluir custos de logística, transporte etc.

A diretora também falou sobre a importância dos campos do pós-sal para os resultados da Petrobras e ressaltou que a empresa vem investindo em tecnologia para aumentar a eficiência dos campos.

“Acreditamos que podemos aumentar o fator de recuperação e, de fato, isso já está acontecendo. No campo de Marlim, a recuperação de petróleo está acima de 50%”, afirmou.