WHAT'S NEW?
Loading...

Petrobras avalia pedido da Sete Brasil para retornarem fabricação dos navios sondas

Resultado de imagem para vendas de ativos da Petrobras

A audiência realizada na terça-feira (21), no Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro, a empresa Sete Brasil propôs retomar as negociações com a Petrobras para tentar viabilizar os contratos de afretamento de sondas para a estatal. A proposta vai ser avaliada pela diretoria da estatal, que terá um mês para informar se quer retomar as negociações ou não.

A audiência de terça fez parte do processo de recuperação judicial da Sete Brasil, que entrou em crise desde que a Petrobras se negou a levar adiante o projeto de afretamento de 29 sondas para o pré-sal.

A estatal questiona, sobretudo, os valores previstos nos contratos, embora seja uma das sócias da Sete Brasil.

O objetivo do encontro era promover uma mediação entre as duas, mas a Sete Brasil preferiu recorrer à negociação direta, sem intermediários.A empresa de afretamento tem pressa para chegar a um acordo com a Petrobras, porque, com o projeto suspenso, o dinheiro em caixa é escasso e sua sobrevida, curta.

Para se manter de pé, cortou funcionários, vendeu móveis e computadores e reduziu o escritório, antes de três andares, a um pequeno ambiente onde se mantêm menos de 20 empregados. Já a Petrobras não tem pressa em chegar a um acordo com a Sete Brasil.

Com a queda do preço do petróleo, iniciada em 2014, seus projetos de exploração perderam urgência.