WHAT'S NEW?
Loading...

Metalúrgicos de estaleiro protestam contra atraso nos salários

Imagem relacionada

Trabalhadores do Estaleiro Mauá, em Niterói (RJ), realizaram um dia de luto em protesto contra os atrasos nos salários, 13º e férias coletivas. Durante todo o dia da última quarta-feira (18), os metalúrgicos portaram uma fita preta amarrada no uniforme, como forma de demonstrar a insatisfação da categoria com o descaso da direção da empresa.

Os metalúrgicos ainda não receberam o salário de dezembro, que deveria ser pago no último dia 5, nem o 13º salário vencido em 20 de dezembro. As férias coletivas no fim do ano também não foram pagas aos trabalhadores. O Estaleiro alega que os atrasos ocorrem devido à falta de obras e contratos. A direção do Mauá também não estabeleceu uma data para regularizar os salários.

No fim de 2016, o Estaleiro Mauá fechou negócios durante uma feira. Embarcações já estão atracadas no cais da empresa, mas o início das obras ainda não foi autorizado. Os trabalhadores temem que a situação piore com a chegada do fim do mês.

Vale lembrar que Estaleiro Mauá demitiu cerca de 3.300 trabalhadores em julho de 2015 e até hoje não quitou as rescisões contratuais. O Sindicato dos Metalúrgicos de Niterói moveu ações na justiça para cobrar o pagamento dos direitos trabalhistas e aguarda julgamento dos pedidos pela segunda instância do Tribunal Regional do Trabalho.