WHAT'S NEW?
Loading...

Empresa anuncia novo Centro de Navegação e Operações Portuárias


Resultado de imagem para CMA CGM singapore





A abertura de uma instalação de última geração foi anunciada pela CMA CGM, com o intuito de garantir a segurança da carga e otimizar as rotas existentes. O Centro de Navegação e Operações Portuárias teve como ocalização a sede APL, em Cingapura. Durante a cerimônia, que teve a presença de Rodolphé Saadé, Vice-Presidente do Grupo CMA CGM, o executivo afirmou que a escolha por Cingapura se deu com o objetivo de implementar o novo Centro de Navegação, “uma unidade crítica de apoio à navegação das operações dos navios do grupo”. De acordo com o executivo, a novidade “reflete o compromisso da CMA CGM de fortalecer a presença do Grupo em Cingapura e reforçar o papel da cidade-estado como um importante pólo marítimo”.

Concebido para ser o terceiro centro de comando de navegação do Grupo para a sua frota combinada de mais de 500 navios porta-containers, a instalação de última geração aproveita as mais recentes ferramentas e tecnologias de navegação para rastrear e analisar informações náuticas, meteorológicas e geográficas abrangentes. Em tempo real, 24 horas por dia, 7 dias por semana.

Ele conta que o centro, em Cingapura é dedicado a servir o fuso horário asiático. Os outros dois centros do Grupo - localizados na sede da CMA CGM em Marselha, França, e seu escritório regional em Miami nos Estados Unidos - assumem o controle dos fusos horários europeu e americano, respectivamente.

Com base em análises reais das velocidades operacionais dos navios, correntes oceânicas, previsões meteorológicas e áreas de tráfego intenso, Saadé conta que a equipe de peritos de cada centro está habilitada para avaliar, antecipar e mitigar quaisquer riscos relacionados com a navegação para as operações dos navios do Grupo. “São fornecidas orientações precisas e alertas aos oficiais do convés sobre como as rotas, as velocidades e o consumo de combustível dos navios podem ser otimizados em toda a sua frota, garantindo simultaneamente a segurança das suas tripulações e embarcações em todo o mundo”, finalizou.